Antonio Capel



ESCREVER






Escrever é como
alimento ao meu corpo,
alimento à minha alma.
Voa no emocional
buscando a luz do saber.
Dispo-me! Escrevo
amores, dores, alegrias,
saudade, tristeza, solidão.
Escravizo toda a bagagem
para com o tempo
estas linhas estarem
em folhas de algum
Livro qualquer.








2 comentários:

Maria Rita Albuquerque disse...

Aqui um trabalho primoroso que surpreende e encanta.Uma reunião do que há de mais belo e necessário para a felicidade. Um deslumbramento de imagens ao som de lindas músicas e das divinas palavras poéticas.
Amei tudo e todos,mas aqui registro meu amor pelas poesias de Graciela da Cunha, que a mim encanta e desperta-me como mulher.
Maravilhoso!!!

Fada do Mar Suave disse...

Quero gentilmente agradecer por esta colaboração importante do artista plástico Antonio Capel, autorizando com alegria a veicular seus trabalhos artísticos, que trouxe luz e beleza a este Blog.
Também agradeço aos poetas Paulo Jorge Dumaresq, Gaiô, Graciela da Cunha, Silvia Regina Costa e Roberto Queiroz, pelos poemas bem escritos, elaborados, cheios de inspirações, emoções que compõe tão sensivelmente as imagens artísticas. E expressar também a esperança de uma cooperação contínua e frutífera a este espaço, que leva com amor, o que há de melhor na cultura para nossos leitores.
Com todo meu carinho, admiração e respeito pelos talentos que são, mas, sobretudo, pela grande amizade.
Fada do Mar Suave.