Rassouli







Ao Raiar do Dia...




Uma Fada docemente desperta,

Em seu coração um amor carrega...

Um Elfo que de longe a espera.



Ela o ama, desesperadamente!

Muitos, falam demais sem nada entender.

Mas os dois se doam sem nada temer.



Nesse reino encantado, também há perigo!



Mas, este doce amor abrasa ao infinito.




Paty Padilha


2 comentários:

Nicolas disse...

Parabéns pelo blog que você elaborou com qualidade. Passando por aqui e aprendendo a valorizar a arte, a poesia, a vida e o amor.
Saio daqui rejuvenecido, pronto, de braços abertos para abraçar o bom que Deus nos ofereceu.
Os artistas que aqui participam são mestres com honras e méritos. Esta galeria mostra o valor de quem realmente tem.
Moramos em um país que necessita de valores que aqui encontramos e por isto eu agradeço muito.
Nicolau

Anônimo disse...

Rassouli gênio dos pincéis, do inconsciente, do explendor, dos movimentos suaves pelos espaços onde ouço sons de violinos e vejo casais dançando flutuando pelo espaço sideral. A uma explosão de fogo que arde em chamas em labaredas alaranjadas enormes que viram unicórnios e loucuras.
Paty, tão sensual, vigorosa em suas linhas tão bem traçadas, voa como as bacantes esperando pelo Dionísio para atravessar a métrica e arder até o extase total.
Sonhos e sentidos todos sentidos.