Jacqui Faye











Eternos Enamorados



Você plantou sementes
do amor e da paixão
fez derreter meu coração



E das sementes
das rosas, violetas, jasmins
no meu coração feminino
uma ternura infinita surgiu



Enamorei-me de ti



Meu amor se derramou
em promessas doces
Que te envolveram
de encanto e enternecimento



Emergindo em nós
suave sentimento



O mais puro amor
de amar...


Amor sem despedidas...



Eternos Enamorados.



Silvia Costa

4 comentários:

Analuka disse...

Ficou muito bonita a composição das imagens, com estes tons predominantes de vermelho e negro, as figuras femininas sensuais, misteriosas, e a presença do fetiche, nas sandálias e sapatos de salto!...O modo como arranjas, organizas, as pinturas, é um deleito à parte!... Quanto aos poemas, penso que a autora precisa se aprimorar e evitar as rimas pobres ou ingênuas, embora se perceba bastante paixão em suas letras. Beijinhos alados e parabéns, sempre de novo, Fada do Mar! Grata por ofertar este "presente" aos leitores!

Silvia Costa disse...

Jacqui Faye
I just loved to know your art work. It is one of the most beautiful and expressive I have seen. I was emotionally touched by the beauty, the forms, the tenderness, the paint and the expressivity. Divine! It has been an honor for me to share the communion of this moment, in this space full of art giants, such as you Jacqui Faye and Fada do Mar Suave.
Thanks for existing

Silvia Costa

Raphael Jorge Corsi disse...

Fantástico! Impressionante a sutileza poderosa da arte de Jacqui Faye Todos os movimentos são expressados claramente, levando-nos a exercitar a imaginação e fantasia. Uma arte contemporânea, de uma beleza singela e por este elemento tão sutil é provocativa.
Parabéns a esta grande artista Jacqui Faye e parabéns à poeta Silvia Costa pela sensível e bela poesia. Este blog está magnífico e enche os olhos e o coração de amor e emoção.
Fada querida e abençoada que sabe como compartilhar sabedoria e valorizar os artistas com valores e grandeza.

Fada do Mar Suave disse...

Para Jacqui,

Ficamos impactados com a delicadeza de sua arte, com formas tão tênues, tão singelas, mas ao mesmo tempo provocadoras e instigantes. Formas que flutuam poesias, movimentos, notas musicais, aromas, sabores. Um mix de magia e fantasia, com todos os signos e símbolos da figura feminina. Uma experiência corajosa, transformadora e cheia de graça.
O encontro de sua poética visual com a escrita de Silvia Costa, foi um despertar, uma redescobrir desta chama que permeia o universo da mulher contemporânea.

Para Silvia,
Sua poesia é altamente criativa e, com sua textura, cores, aromas e sabores, leva o leitor a entrar dentro dela em uma viagem fantástica e delirante. A sutileza e a sensualidade de seus versos abrem espaços no mundo dos sonhos, como uma ponte a ser realizados e vivenciados. É uma honra ter uma poeta como você compartilhando suas palavras neste blog e honra maior é tê-la como amiga.
Meu desejo, anseio e esperança é que este espaço continue contando com suas valiosas contribuições para que continue a existir, sempre atento para que a poética escrita e visual desperte sonhos, fantasias, criações e liberdade.
A simbiose de vocês duas deu muito certo. Esta página será sempre revisitada e todos que passaram neste espaço levarão consigo a beleza e a poesia destas duas grandes mulheres. Aqui é um lugar cativo de vocês, onde suas artes estarão sempre alimentando corações e almas iluminadas que buscam a sublimação pela arte.
Agradeço de coração a presença ilustres de duas amigas amadas.
Com carinho da Fada do Mar Suave.