Bryce Cameron Liston








DESABAFOS



Nasci quando lhe conheci
Morri quando lhe perdi
Atualmente vivo tateando a vida na busca do meu eu,
         o qual sempre encontrava lugar em seus lábios.
Diante das contingências da vida inexiste a felicidade.
O sofrimento abala
A consciência retorna à infância
O desassossego é latente
A morte potente.


Lúcio Alves de Barros.

Um comentário:

sarahaline.morais disse...

Emociona, acaricia e nos faz beber os mais doces sentimentos! Grata à Fada do Mar pelo privilégio de contemplar junções tão perfeitas! Parabéns aos artistas por nos emocionar com tintas, de pincel ou caneta, e escrever sob imagens ou palavras uma esperança às vezes esquecida.

Abraços à todos, com muito respeito, carinho e admiração!!!

Sarah Aline