Valérie Maugeri








Hoje quero deixar minha tatuagem de fora
Meus cabelos se espalharem como chamas
Apagar as luzes na sala de cinema
Beijar tua boca com sabor de menta
Vestir minhas botas de salto agulha
Usar meus vestido preto na pele nua
Tomar um vinho seco
Acender velas e incensos
Ser cristalina como água num copo de cristal
Bailar nos teus braços
Sentir a dormência que se espalha pelo corpo
Deixar dúvidas e incertezas
Apenas amar-te lentamente
Envolver-me com teu Eu
Fundir minha alma com a tua


Myriam Valentina

2 comentários:

Analuka disse...

Caríssima Fada do Mar! Vir aqui, desfrutar das cores, sons, sentidos, sonhos que ofertas aos teus visitantes, é sempre um delicado prazer! Está linda também esta postagem, perfeitamente afinados os poemas à deslubrante arte pictórica de Maugeri! Tudo cheio de paixão, beleza e encantamento: um deleite para a alma amante de cores, música, letras!... Deixo abraços alados e beijos pintados, e minha gratidão.

Fada do Mar Suave disse...

Agradeço a colaboração para o blog de Myriam Valentina poeta querida e a artista Valérie Maugeri que encantou com sua arte delicada e belíssima.
E mais uma vez quero agradecer o carinho de todos que deixaram suas mensagens aos artistas. Também dizer que sempre é um prazer enorme ter vocês comigo, prestigiando o blog que é feito pensando em você.
Beijos carinhosos da Fada do Mar Suave.