NEMM SOARES







Ciência gaia o amor com seus floretes
De segrel donaire. O pranto segue
O de rouxinóis que o peito aninha
Alçando o canto — aves em minaretes.


O amor com seus floretes, suas sedas
Acalenta e baila este meu vagar
E o coração alerta — flanco e flama
Flamantes — adestrado por mãos ledas.


Com seus floretes de segrel donaire
Saudade luta com amarguras duras
(Há quanto tempo o lenço branco espera
Sinal de amigo, rendição donaire!).


E este meu ser ferido por vós, veja
Ungido, justo reino submetido
Ao vosso repouso, oh! Amigo em liça
De amor astuto e arguto. E eu vos seja.




Incalmo no peito mortal tropel
Voando sus paixão desavisada
Esses corcéis me esfolam, recusada
Se tardais, amigo, alçarei ao Céu.




Myriam Coeli


2 comentários:

Analuka disse...

Bom passear por aqui, beber poesia e imagens que propiciam viagens íntimas e reflexão! Beijos alados!

Fada do Mar Suave disse...

NEMM
A cada imagem postada meu coração enchia de contentamentos. Você é uma luz que trouxe brilho para este espaço, com sua arte.
Uma arte vibrante, a luz estimula sensoriamente, proporciona prazer o tempo que dedicamos a contemplação. Agradeço sua participação neste espaço, contribuindo com a cultura e o saber de nossos leitores que são apaixonados por artes. Aproveito para disponibilizar este espaço para futuras contribuições.
Com muito carinho da Fada do Mar Suave.

*
*

Agradeço de coração a Cristiana Coeli Goldie, amiga querida, que sempre contribui com este blog, trazendo grandes talentos, como Nemm Soares e principalmente por colocar todo o acervo de Myriam Coeli, a nossa disposição, abrilhantando este espaço com a poesia rara e bela desta ilustre escritora, poeta e jornalista brasileira. Assim, este espaço que tem como objetivo levar o melhor da arte, poesia e cultura a nossos leitores cumpra com seu papel.

*
*
Este Blog é feito totalmente para você, amigo, que aqui deixam suas mensagens. Seus comentários são importantes, por nos ajudar a ter uma dimensão do que estamos fazendo e principalmente por tratar nosso artista com amor e dignidade.
*
*
Com amor da Fada do Mar Suave.