Olga Oreshnikov








36 comentários:

Crista disse...

Olha eu aquiiiiii...teus olhinhos azuissss...não suportando a saudade de ti,deixei meu orgulho de lado e.....vim te ver...mas só dessa vez...porque da outra,eu venho também...huaschuaschuasch...tu és TUDO!!!
Um beijo e um \o/ upaaaaaaaa \o/ do tamanho do mundo para ti!!!!

Lilás disse...

Fada
O que dizer desta arte de Olga Oreshnikov? Que é a mais linda e doce pintura! Artista que pinta a alegria de viver, a música, o campo, a infância e toda a beleza que nela existe. Tudo poético, tudo intenso e tudo imenso que rola neste ambiente azul. As poesias de Lúcio Alves de Barros é abissal, consciência, maturidade onde usa sua força criativa e redentora. Isto no embalo de Blowin' In The Wind, sugestivo por excelência. Parabéns por este espaço prazeroso de estar.

maria tereza disse...

lindo!!fascinante!!!ate a musica!!!parabens!!!amei

Angela Maura disse...

Parabéns poeta Lúcio Alves de Barros, à artista Olga Oreshnikov para você pela elaboração do blog que está acolhedor e muito bonito.

Pedro Paulo disse...

Fada
Alegro com sua motivação e força para fazer um trabalho tão belo. Um arquivo rico em cultura e de muito bom gosto. Um brinde para os visitantes, que amam este mundo onde pululam artes, poesias e músicas. Sempre recomendo aos meus amigos uma viagem por aqui. Os slides são brilhantes e fixam nosso olhar. A união do poeta Lúcio Alves de Barros, com a música e a arte de Olga Oreshnikov foi perfeita e animadora. Agradeço a partilha de sua cultura, sabedoria se seu gosto apurado e fino. Tenha lindos dias! Carinhosamente Pedro Paulo

Antonio Antunes disse...

Fada do Mar Suave
Passei para admirá-la e parabenizá-la por tão magnífico espaço cultural, de beleza rara. Um mundo do saber, bem elaborado e muito bem formatado. Esta Galeria de Olga Oreshnikov unindo com a emocionante poética de Lúcio Alves de Barros embalado ao som de Katie Melua está fantástico. Abraços com carinho de Antonio Antunes

Amor em Vermelho disse...

Lúcio Alves
Prezada Fada,

Ela quer me matar...

Você ainda me mata,
seja do coração
seja de paixão

Quando vi o seu trabalho me emocionei
Logo, tudo li e copiei
e novamente lhe amei

Não tenho como sempre lhe agradecer
Mas nada como ver sua página ao anoitecer
e ficar mais vivo no amanhecer

Talvez estaje exagerando
Não sou um poeta como o mundo anda esperando
Vou escrevendo e penso estar tombando

De qualquer maneira, sem eira e sem beira
Agradeço novamente o carinho de um coração que mais parece uma lareira
pois fico feliz, pelo menos em saber, que em você encontrei uma eterna companheira.

Abraços e PAZ

Lúcio

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Mais uma vez, passando para apreciar mais uma das tuas belas escolhas. Desta vez, a beleza dos poemas do Lúcio Alves de Barros e a maravilhosa arte exposta na tela, da grande artista Olga Oreshnikov, formando uma combinaçao perfeita.

Parabéns para a dupla e pra ti pela feliz escolha.

Beijos,

Furtado.

Maria Tereza disse...

Lúcio, seus escritos são perfeitos! Esclarecedores, emocionantes e nos convidam a uma reflexão. Fico maravilhada quando encontro seu trabalho poético no Blog da Fada do Mar Suave. E, você sempre enfatizando o valor da arte sobre todas as coisas. Desejo que suas mãos que falam continuem brilhando e poetando a vida em tão doces e suaves letras.
Com amor de sua amiga Maria Tereza.

Ana Clara Couto/couto.anaclara@gmail.com disse...

Fada do Mar

A emoção toma conta do meu coração sempre que entro aqui. Estas imagens, a música e em especial as poesias mexem demais comigo. Não paro de ler algumas frases que foram feitas para mim(kkk), assim eu sinto. Esta simplesmente de doer de tanta magia esta página. quantas maõs e mentes abençoadas para fazer um pintura e uma poesia como esta?
Amo e amo este lugar que considero abençoado.
Abraços sempre de sua seguidora e fã Ana Clara

Márci@ Lima e $ouza disse...

Obrigada pelo carinho da postagem,querida amiga Fada do Mar Suave,o Lúcio é sensacional...Bela homenagem a sua.Um mega beijo!

Márcia Lima e $ouza

Fernando Maioni disse...

Lúcio Alves, Katie Melua e Olga Oreshnikov. Campo de energia,portal de mil lances de poesia,patamar último,harmonia!
mais um golpe certeiro no cotidiano.bj

Renata Gomes Cavalcanti-Natal/ R.N. disse...

Fada
Parabéns por mais este trabalho. Já adicionei sua página aos meus favoritos para poder apreciar sempre esta maravilha. Também faço algumas pinturas, mas por terapia e também por adorar o cheiro das tintas. Impressionante a forma como estas telas foram desenvolvidas. Coisas de grandes talentos. São formas delicadas de expressão do ser humano, momentos tranqüilos de pura beleza. Adoro olhar demoradamente e atentamente cada detalhe e assim vou percebendo a sensibilidade e emoção de cada artista.
A poesia esta carregada de significados que dá sentidos a vida. Uma leitura mais apurada e culta lembrou-me de Arthur Schopenhauer e Augusto dos Anjos. Este espaço está repleto de saberes artístico. Voltarei sempre.

Pérola Araújo Sancho disse...

Fada

Lindo poema de um grande poeta, Lúcio Alves de Barros! Esta página com tão lindas imagens o que dá muita alegria e encantamento a este Blog.
Tudo perfeito...parabéns!!

Beijos com sabor Vanilla.

(Repassei o e-mail para os amigos. Bjs.)

Por toda minha Vida disse...

Fada

Olá estou aqui pela primeira vez e me encantei, vou voltar sempre, seguirei teu blog gosto de um espaço que tem Cecília Meirelles ilustrando a página e dizendo com seu sorriso "Seja bem vindo".

Renata

REGGINA MOON disse...

Fada,

Linda postagem...faz bem aos olhos e ao coração!!Parabéns!!!

Grande beijo e ótimo final de semana!

Beijos!

Reggina Moon

Darcy Rosa Melo disse...

Quanto deslumbramento!!! Olga Oreshnikov e sua arte natural, delicada, vivaz, colorida e sonora. Foi uma felicidade conhecê-la, nunca havia visto uma tela sua e agora estou aqui em mais um momento de prazer contemplativo. Lucio Alves com sua poesia triste, analítica e outras amorosas recheada de vivências na sua Minas Gerais ao som de Katie Melua cantando Dylan é um prazer maior e dignificante.
Um trio de estremecer quarteirões e abalar estruturas de tão bom.
Parabenizo o Blog por este feito magistral.

Luciana Cardoso Mello disse...

Linda fada. Suave. Realmente belíssimo o seu trabalho neste Blog. Lindíssima a escolha dos artistas. Olga Oreshnikov é uma revelação maravilhosa, e ilustrou muito bem com poemas de Lúcio Alves da Costa que é fantástico, e esta música que é tocante. Eu estou convidando meus amigos a irem ao seu blog que por certo irão amar. Beijos e obrigada, carinhos, muitíssimos para você.

Breno Silva Canteiro disse...

Eu amo todas as postagens que vemos neste espaço azul. Vejo imagens especiais de quem sabe capturar a natureza humana e transportá-la pra uma tela, que trazem mensagens, histórias, com cores, luzes, sombras e beleza.
Realmente estou encantado com as galerias, com as poesias, e as músicas. Há uma sensibilidade fina e requintada , uma qualidade perfeita. Quase fico sem jeito de colocar em palavras meus sentimentos. Obrigado
Breno Silva Canteiro

Claudia Bernardinho Soares disse...

Uauauau....
Fada, eu não posso nem pensar que jamais deixei um comentário em seu Blog, neste tempo que a acompanho (desde o início). Há um ano que comento em meu trabalho, em minha casa e com meus amores a beleza contida neste Blog e todos ficam admirados com minha discrição. Sou uma ausente por incapacidade de demonstrar meus sentimentos em palavras, por uma indelicadeza diante do Belo e da vida, confesso. Mas, hoje resolvi dizer sobre a sofisticação, elegância, inteligência de todos os trabalhos que estão aqui, talentos de primeira ordem. E só posso dizer sobre a admiração que tenho por quem se propõe fazer o melhor e faz.
Atenciosamente Claudia Bernardinho Soares

Lírio Augustus Dias disse...

Fada
Vi todo o blog e gostei de todas as postagens. Fiquei mais atento neste último post e li todos os poemas de Lúcio Alves de Barros e me emocionei com eles. Todas as imagens de Olga Oreshnikov são maravilhosas, cores, traços, formas de uma perfeição que eleva. Realmente são artistas que me vale muito a visita. Beijos de Recife

Sonia Schmorantz disse...

Linda e acertada escolha!
beijos, ótimo fim de semana

Alminha Iluminada disse...

Recadinho da Marcia, Solange, Vânia, Fê e Vina.
O Blog fica o dia todo ligado e a cada espera é uma disputa para entrar. Ontem lemos a poesia do Lúcio Alves de Barros alto e cada um leu uma.
Chegou uma cliente nova e perguntou se aqui era mesmo um centro de estética, mas ela adorou o sarau. Estamos apaixonados pelos artistas postados e ficamos impressionados com tanta criatividade, que só poderia vir de você.
O Blog Amor em Vermelho é alucinante e deixa todos vermelhos como ele.rsrsr.
Venha logo nos ver que morremos de saudades suas. Beijos amados de seus amigos e fãs.

Assino embaixo com eles. Adoro você minha amiga. Obrigada pela fiel ajuda em meu espaço de luto,hehehehehe...........

Ana Paula Perissé disse...

The answer my friend is blowing im the wind...
e soprando e suspirando nas vozes e no lirismo de Lucio, maravilhoso, na imagética desta artista que acabo de conhecer e me renovar entranhas, nos sopros do tio Bob Dylan, na comunhão aqui reunida de pessoas de BEM, na vida que segue seguindo seus mistérios, suavizados pelo toque de uma Fada. e elas existem.

Isadora Prado disse...

Muito bommmmmmmmmmmmmmmm!!!!!!!!!!!!!!!!
Adorei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!
Voltareiiiiiiiiiiiamigaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Maria Conceição Carvalho disse...

Fada

Abri o e-mail e chorei ao ler a poesia

"Um mal-estar invadiu minha alma atrapalhada
Uma náusea misturou a vida, espancando meu peito, meu jeito...
A culpa tomou meu espírito e pensei em Deus
Triste é o fim daqueles que são cobrados pelo trabalho"

É assim que sentia é assim que estava. Chorei muito e não parava de ler esta poesia. Pensei, não estamos sós, somos o processo deste engrenagem louca em que nos jogaram. Entrei no Blog e a beleza da arte foi alimentando minha alma e me aliviando.
Agora, estou extasiada pela beleza e penso é a arte que me salva e minhas amigas de assuntos culturais.
Parabéns por este poeta que falou por mim e por muitas pessoas. Alma rara e abençoada.
Lúcio sempre guardarei seu nome e sempre voltarei para ler suas poesias.
Beijos a todos que fizeram esta mágica página.

Helena Coutinho Benjamim disse...

"Por sabedoria entendo a arte
de tornar a vida mais agradável
e feliz possível"

Arthur Schopenhauer


Parabéns pela beleza do blog. União feliz da poesia, plástica e música onde encontramos a perfeição.

Alminha Iluminada disse...

Batento pontinho diário e pegando beleza e inspiração. Só tenho elogios a você e o nosso cemitério está cada vez mais lindo. Aguardo mais imagens e logo vamos postar poesias tristes e mortálias e encontrei várias aqui.
Grande poeta este. Parabéns!!!!

Lizabety Arruda disse...

Um brinde de arte e poesias... Lúcio Alves de Barros trouxe a beleza de seu rico interior, transbordando densos sentimentos, com realismo/revollucionário/lírico. Um sonetista perfeito. A voz delicada de Katie Melua, em belíssimo poema de Bob Dylan trouxe divindade aos nossos sentidos. Uma declaração de amor a vida é a arte de Olga Oreshnikov que trouxe encantamento e magia em suas telas. Este Blog nos brinda com momentos de transcendência, nos levando ao além do aqui! Parabéns, poeta, artista, cantora e a você Fada, com muito amor!

Albert Lázaro-Tinaut disse...

El transeúnte comunica que ha añadido un "post scriptum" sobre Chile en su bitácora, y os invita a leerlo y comentarlo.

El transeünt comunica que ha afegit un "post scriptum" sobre Xile en la seva bitàcora, i us invita a llergir-lo.

http://transeuntenorte.blogspot.com/

Saludos cordiales / Salutacions cordials.

Albert
http://transeuntenorte.blogspot.com/
http://transeuntquealbiraelnord.blogspot.com/

A dúvida da ovelha disse...

Fada

Que blog mais encantado e recheado de beleza, ternura e emoção.
A música abre dando o tom do que veremos e a partir daí abre-se o leque com refresco das mais belas artes e poesias. Esta artista plástica que nao sei como pronunciar o sobrenome deixo-me em delírios e sonhando muito.
As poesias de Lúcio Alves de Barros, como não se identificar com elas? Grande poeta, que sabe escrever, com conteúdo forte, com métrica, e com harmonia.
Olha, este mix, veio do céu. Agradeço por partilhar sua arte conosco e desejo-lhe que continue sempre nos alimentando com tanta fé na arte, na cultura e na beleza da vida.

Nicolas disse...

Boa Noite!
Teu Blog engrandece este espaço virtual.
Acabei de ler as poesias e que poesias, poeta Lúcio! Suas palavras deslizam suavemente em nossa alma. Uma estrutura fantástica de poemar filosoficamente e esteticamente. Parabéns!
As imagens de Olga Oreshnikov são impressionantes, a delicadeza, e as cores lindas. A música é triste mas belíssima e traz recordações de tempos da infância e dos meus pais. Admirável seu trabalho!
Meus aplausos!
Felicidades!!!

Crista disse...

Buenasssssssss...
Ao escutar teus gemidos de saudades,vim correndinho só pra te ver...também...faz alguns dias que tu não sentes meu cheirinho...eu sei que tu não aguentas...heheheeee...
Vou fazer um baita control C e V desse comentário...não faz essa carinha de...NÃO GOSTEI...já imaginou eu me dividindo em 66 pedacinhos (é o número de blogs que eu sigo e onde me recarrego de coisas boas)!?
Por isso que entro tiquetaqueando com meus saltinhos cobertos com pedrinhas de brilhantes...passeio...passeio...e quase me deixo ficar para sempre... mas saio correndo...guardando entre meus peitinhos firmes e fartos a melhor parte de teu blog:A BELEZA DA TUA ALMA MARAVILHOSA,EMBALADA DENTRO DE MEU CORAÇÃO!
Não fica com ciúmes do meu carinho pelos outros blogs...
UM beijo...DUAS piscadinhas dos OLHOS AZUIS, como é azul o céu de meu amado BRASIL...sill...silll e TRES \o/\o/\o/ upassssabraços \o/\o/\o/ (um de chegar,outro de ficar e o terceiro de despedir)...se quiseres mais beijos...rsrsrsrs...é só buscar,tenho uma montanha deles pra ti!!!!!!

PS.:Nem vou comentarrrrrr...tudo o que tu postas é espetacularrrrrrrrr....

Moema Andrade - Alfenas/MG/Brasil. disse...

Fada do Mar

Navegando em mares profundos e encontrando a beleza que não sabíamos onde estava. Que doçura de Galeria! Olga Oreshnikov com sua técnica apurada, pintando delicadezas jamais vistas. O poeta Lúcio Alves de Barros com seus surpreendentes poemas. Escritos originais, vocabulário precioso, num tom contundente e interessante. A música traz maravilhosas recordações. Aqui tudo instigante e belo. Parabéns!!!

JANAÍNA PASCOAL RN disse...

Parabéns pela escolha da artista Olga Oreshnikov, criadora de imagens tão belas, sutis, doces. Quanta sensibilidade! Parabéns ao poeta Lúcio Alves de Barros com suas poesias de altíssima qualidade. Poesias construídas com rigor e imaginação poética. São tocantes e sensíveis. Suave música e gostosa de ouvir. Fada, receba minha admiração por seu trabalho tão bem elaborado. Abraços

Fada do Mar Suave disse...

Lúcio

Estou exercitando a vida para encarar mudanças. Quando gosto de uma página, é sempre triste fechá-la, mesmo sabendo que logo faremos uma nova. Suas poesias sempre emocionando a todos que a lêem e a sentem. Você é sempre um sucesso e traz luz para nosso Blog.
Muitas pessoas entraram no Portal do Luis Nassif e comentaram comigo que gostaram muito, pena que não deixam o registro, por não sentirem à vontade de escrever.
Estou aguardando aquelas apimentadas, para o Amor em Vermelho, que serão lindas e emocionantes como tudo que você escreve.
Agradeço sempre a parceria, gentileza e a sua amizade que prezo muito.
Beijos da Fada do Mar Suave

Olga Oreshnikov, sua arte é belíssima e agradou todos que passaram aqui. Conhecer sua arte deixou meu coração feliz e cheio de emoção. Agradeço por ter tido a sorte de postá-la neste blog.

Aos amigos que aqui passaram e deixaram seus registros os meus mais sinceros agradecimentos, pois tudo é feito com carinho, pensando em vocês. Voltem sempre!