Ekaterina Moré

Ekaterina Moré nasceu em S. Petersburgo, em uma família de artistas russos, e vive na Alemanha desde 1995.
Seu trabalho é dedicado à mulher moderna. Coloridas, sensuais e eróticas, suas pinturas distribuem uma forte energia positive e são um elogio a cada mulher. Seus quadros falam com as pessoas de forma direta e imediata, independentemente da cultura de cada um.


www.Ekaterina-More.com








O Próprio Ser Eu Canto



O próprio ser eu canto:

Canto a pessoa em si, em separado

_ embora use a palavra Democracia

e a expressão Massa.

Eu canto o Corpo

Da cabeça aos pés:

Nem só o cérebro

Nem só a fisionomia

Tem valor para a Musa

_ digo que a forma completa

é muito mais valiosa,

e tanto a Fêmea quanto o

Macho eu canto.

A vida plena de paixão,

Força e pulsam,

Preparada para as acções mais livres

Com suas leis divinas

_O Homem Moderno eu canto.


Walt Whitman

Walt Whitman nasceu em 31 de Maio de 1819 em West Hills, Long Island  E.U. A.
Nos seus poemas, Walt Whitman elevou a condição do homem moderno, celebrando a natureza humana e a vida em geral em termos pouco convencionais. Na sua obra "Leaves of Grass", Whitman exprime em poemas visionários um certo panteísmo e um ideal de unidade cósmica que o Eu representa. Profundamente identificado com os ideais democráticos da nação americana, Whitman não deixou de celebrar o futuro da América.
Ficou ainda mais conhecido mundialmente a partir das citações inseridas no enredo do filme Sociedade dos Poetas Mortos.
Fernando Pessoa escreveu um poema de nome "Saudação a Walt Whitman".
 “Introduziu uma nova subjetividade na concepção poética e fez da sua poesia um hino à vida. A técnica inovadora dos seus poemas, nos quais a idéia de totalidade se traduziu no verso livre, influenciou não apenas a literatura americana posterior, mas todo o lirismo moderno, incluindo o poeta e ensaísta português Fernando Pessoa."
Whitman morreu no dia 26 de Março de 1892 e foi sepultado em Camden, New Jersey.


 

5 comentários:

Helena Castelli disse...

Nada melhor do que aproveitar o fim da tarde para navegar nesse lindo mar azul... Obrigada por sempre nos oferecer bons momentos de leitura e colirios aos nossos olhos...

Deixo-te a ternura de um abraço.
Helena

Tiffany Noélli disse...

Oi, Fada! A artista Ekaterina Moré, achei bem ao estilo fisicamente de Bond Girl... Inclusive a sua pintura, as personagens na minha opinião lembram bem os primeiros filmes do James Bond com Sean Connery. Quando tinha aquelas vilãs chiquérrimas, rsrs... Muitos dizem que a Arte cada um enxerga de um jeito. O mundo dela, para mim me fez lembrar esse do agente 007... Eu assisti todos os filmes... Beijos! ;)

Darcy Rosa Melo disse...

Concordo com o comentário acima, é um estilo mulheres misteriosas com uma sofisticação ímpar. Sairam das telas cinematográficas para embeleza este espaço. Com poesias de primeria linha acompanhando e a música suave de Coldplay.
Parabéns por mais esta postagem!

Manuela Casper Silvestre disse...

"Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes, a arte de viver." (Bertold Brecht)

Este blog ajuda-me a viver com arte e beleza. Parabéns, a grande artista Ekaterina Moré!

Fada do Mar Suave disse...

Queridos amigos visitantes, venham sempre, que tudo é feito com amor para vocês. Agradeço muito!
Com amor da Fada do Mar Suave.