Sam Yeates


Sam Yeates

Nascido e criado em Stephenville, Texas área, San Yeates graduou North Texas State University com um BFA em Desenho e Pintura, em 1974. Depois de ensinar em uma escola particular em Dallas por aproximadamente um ano, Yeates mudou-se para Austin, e logo começou a trabalhar no mundo Armadillo sede, uma sala de concertos de música. Cartazes promovendo shows seguidos e levou a arte promocional para a Lone Star Beer durante a década de 80. Através deste meio, a arte de Yeates viajou ao redor do mundo. Através dos anos, ele continuou a pintar e mostrar seu trabalho no São Francisco, Dallas, Austin e áreas de Taos.








Canção


O peso do mundo
         é o amor.
Sob o fardo
       da solidão,
sob o fardo
      da insatisfação

o peso
o peso que carregamos
        é o amor.

Quem poderia negá-lo?
          Em sonhos
nos toca
      o corpo,
em pensamentos
        constrói
um milagre,
         na imaginação
aflige-se
         até tornar-se
humano -

sai para fora do coração
         ardendo de pureza -

pois o fardo da vida
          é o amor,

mas nós carregamos o peso
           cansados
e assim temos que descansar
nos braços do amor
          finalmente
temos que descansar nos braços
           do amor.

Nenhum descanso
        sem amor,
nenhum sono
        sem sonhos
de amor -
           quer esteja eu louco ou frio,
obcecado por anjos
           ou por máquinas,
o último desejo
          é o amor
- não pode ser amargo
         não pode ser negado
não pode ser contigo
           quando negado:

o peso é demasiado
          - deve dar-se
sem nada de volta
         assim como o pensamento
é dado
         na solidão
em toda a excelência
         do seu excesso.


Os corpos quentes
          brilham juntos
na escuridão,
          a mão se move
para o centro
        da carne,
a pele treme
          na felicidade
e a alma sobe
         feliz até o olho -

sim, sim,
           é isso que
eu queria,
          eu sempre quis,
eu sempre quis
         voltar
ao corpo
         em que nasci.


Allen Ginsberg

7 comentários:

Tiffany Noélli disse...

Oi, Fada! Como sempre escolhe pinturas lindas para seu Blog... Eu achei linda a arte de Sam Yeates. Eu gosto muito de anjos, e fiquei encantada com as imagens.... Muito talentoso esse americano. Beijos!

Manuela Casper Silvestre disse...

Maravilhosa postagem! Ginsberg um poeta de alma criativa, gênio, com um estilo de vida autêntico. Se todos tivéssemos um pouco de Ginsberg a vida seria mais verdadeira e nós mais felizes. Parabéns pela sensibilidade ao trazer poetas que deixaram suas marcas para a eternidade.
Este espaço prima pela excelência e isto é fantástico, num mundo medíocre e fechado no próprio umbigo em que vivemos.
A música de Bob Dylan na voz de Eric Clapton combinou perfeitamente, foram amigos de almas e corações.
Sua sensibilidade para pescar talentos emociona e vale muito estar sempre presente neste espaço. Parabéns, Fada do Mar.

Alminha Iluminada disse...

"Polêmico, pregador, apocalíptico, visionário, profético, foi quem sedimentou com consciência crítica a arte dos versos livres e longos."

Parabéns!!!

A dúvida da ovelha disse...

Esta postagem em especil adorei. A arte é fantástica e muito bem executada. A poesia Canção é uma poesia que amo e a tenho comigo sempre. Beijos

ysoldacabral disse...

É tudo tão extraordináriamente lindo por aqui!!Parabéns, amiga querida, por esse trabalho belíssimo.

Rafael disse...

Muito louco estas asas das mulheres aladas e lindas. Surreal! A poesia Canção é densa, lírica e este poeta é o máximo.

Fada do Mar Suave disse...

Queridos amigos visitantes, venham sempre, que tudo é feito com amor para vocês. Agradeço muito!
Com amor da Fada do Mar Suave.