Sam Yeates






Malest Cornifici tuo Catullo


Estou feliz, Kerouac, seu louco Allen
finalmente conseguiu: achou um cara novo
e minha imagem de um garoto eterno
passeia pelas ruas de San Francisco,
lindo, e me encontrar nas cafeterias
e me ama. Ah, não pense que estou maluco.
Você está zangado comigo. Pelos meus amantes?
É duro comer merda, sem ter visões;
quando eles me olham, para mim é o Paraíso.


Allen Ginsberg
 (tradução de Claudio Willer)

Um comentário:

Fada do Mar Suave disse...

Queridos amigos visitantes, venham sempre, que tudo é feito com amor para vocês. Agradeço muito!
Com amor da Fada do Mar Suave.