Chelin Sanjuan Piquero









Em busca de Anjos.



Perambulando,
Andava a solidão em busca de anjos.
No agora, num outro perto afora, 
em longínquos desertos de si...só.

Trocas e toques,
numa abordagem concreta de olhares de luz 
em matizes que escapavam, refratavam
doce mistério velado no escondido sagrado.
De tanto ser perdurava, de asas abertas revelava.

E rastreando a sombra, pisava espaço
galgado em pedra dura, corações em descompasso,
tecendo impressões em representações do Belo. 

Vertia aromas, num átimo pra segredar
a vida, a ternura perdida, doce loucura de amar...
Tudo o que queria em ARTE pura.

Lotus se fez no pântano da memória.
Como unguento, bálsamo que cura 
em suprimento na luta, no lodo, de todo sofrimento.
Ferida, fertilizára o pó, se renovando na busca de anjos 
pura glória, em longínquos desertos de si...só.


Gaiô

3 comentários:

A dúvida da ovelha disse...

Emocionante!

Crista disse...

Onde mais eu me encantaria tanto????
Somente aqui!!!!!

Fada do Mar Suave disse...

Gaiô agradeço a colaboração para este blog. É um privilégio ter uma amiga e poeta maravilhosa como você. Sua poesia encheu a alma de luz e beleza a todos que a leram e sentiram.
Chelin Sanjuan Piquero participou com sua arte belíssima e perfeita. Amamos conhecê-la e a galeria brilhou e encantou. Foi uma alegria fazer sua galeria.
E agradeço do fundo do coração a todos os amigos que deixaram suas mensagens aos artistas que participaram desta página e a elaboração do Blog, com isto deixando-me mais animada para continuar trazendo o que há de melhor para vocês.

“Pintura é poesia silenciosa, e poesia é pintura que fala”.
Simônides

Com carinho da Fada do Mar Suave.