Alexandra Nedzvetskaya








A matéria das palavras


Estamos aqui. Interrogamos símbolos persistentes.
É a hora do infinito desacerto-acerto.

O vulto da nossa singularidade viaja por palavras
matéria insensível de um poder esquivo.

Confissões discordantes pavimentam a nossa hesitação.
Há uma embriaguês de luto em nossos actos-chaves.

Aspiramos à alta liberdade
um bem sempre suspenso que nos crucifica.

Cheios de ávidas esperanças sobrevoamos
e depois mergulhamos nessa outra esfera imaginária.

Com arriscada atenção aspiramos à ditosa notícia de uma perfeição
especialista em fracassos.

Estrangeiros sempre
agudamente colhemos os frutos discordantes.


Ana Hatherly


Alexandra Nedzvetskaya

Nasceu em 1981, em São Petersburgo, Rússia. Em 2006, formou-se
pelo I.E. Repin Institute for Painting, Sculpture and Architecture
Como qualquer artista realmente talentoso, Alexandra Nedzvetskaya cria seu mundo próprio e único em cada tela. A pintura Outono Feliz, incrivelmente charmosa e encantadora, é a evidência de que a autora é fascinada pelo tema da Idade de Ouro da história russa, do século 18, a época do apogeu palaciano, dos parques em estilo francês cheios de esculturas de mármore. O encanto deste período é característico da história russa, muitas vezes inspirador dos simbolistas russos, como Borisov-Moussatov, Somov, Benois. Uma composição decorativa bidimensional faz o olhar acompanhar a textura das pinceladas vigorosas. A artista conseguiu manter e transmitir com precisão perfeita através de sua gama de cores, sua escolha de detalhes, e a rapidez da visão fugaz, criando uma nostalgia que nos pega tão de repente, como se caminhássemos ao longo dos becos do parque Tsarskoselsky, que desaparece de repente, deixando-nos com a sensação de dor da saudade irrevogável.


http://academart.com/nedzvetskaya.php






2 comentários:

Arlete Felfeli disse...

Fada Querida!

Que prazer imenso cada vez que visito seu BLOG.
Aqui depois de entrar temos que lutar para sair, é um mundo de ARTE e Poesia que nos embala, e, em cada tela viajo por entre poesias.
Então, venho com estas palavras deixar um pouco do que sinto a cada postagem.
Vejo muitos blogs, muitos de arte, muitos de poesia, apesar de belos , não posso dizer que me tocam a alma como esta sua magnífica criação!
Um trabalho excepcional de busca e acordo entre telas e poesias, sei que para isso deve usar de sua sensibilidade e críterio artístico bem como adaptar e harmonizar os artistas apresentados. Esta é a MAGIA que vc faz. E esta magia, vem de seu raciócínio, inteligência aplicada , destreza no desenvolvimento, um cansativo trabalho de pesquisa, estudo e organização de temas, que nem sempre os próprios artistas fazem, enfim um trabalho admirável.
Para mim, um local de aperfeiçoamento de estudo e lógico, encantamento e diversão, amo passear nessas incríveis telas e as lindas poesias, e música também.
Eu só tenho a agradecer por ter este local para minha aprendizagem, pois nós artistas, estamos o tempo todo estudando, aplicando , e admirando arte, a poesia para mim é uma inspiração também.
Esta é a minha palavra de hoje para dizer o que sinto quando visito seu BLOG: INSPIRAÇÃO!
Eu inspiro aqui e flutuona ARTE, e isso graças ao seu belíssimo trabalho de unir ARTE & POESIA!!!
Parabéns por todo conjunto de seu Blog, é um imenso prazer ver um talento incrível para a Arte de sua parte, que resulta em perfeita sintonia! Poucos conseguem isso!
PARABÉNS! O BLog está a cada dia mais bem elaborado do que nunca, a cada nova postagem você se supera e assim, nós é quem ganhamos com isso!
Muito Obrigada por todo o conteúdo disponibilizado para nós , artistas.
Eu aprendo muito com vc e descanso meus olhos em tâo belas telas e poesias!
Muito Obrigada!
Beijos!
Arlete Felfeli

Fada do Mar Suave disse...

A todos os amigos que aqui passaram, o meu agradecimento e o meu desejo de tê-los sempre perto, deixando suas mensagens, para que a cada dia, este espaço fique mais belo e suave.

Com amor da Fada do Mar Suave.