Toshiyuki Enoki







PORTO SEPULTO

Aí chega o poeta
e depois volta à luz com seus cantos
e os dispersa.

Desta poesia
resta-me um
nada
de inexaurível segredo.


Giuseppe Ungaretti

Giuseppe Ungaretti, poeta pertencente ao hermetismo italiano, nasceu em 1888 no Egito, faleceu em 1970. “O seu lirismo, angustiado pelo mistério da vida, sente o cansaço e o sofrimento de existir e sonha estar escorregando na escuridão da morte, sem lembranças, sem queixas, sem temores…” (BORMIOLI , 1954)

http://www.filologia.org.br/viicnlf/anais/caderno04-04.html
http://www.algumapoesia.com.br/poesia2/poesianet143.htm





Toshiyuki Enoki

Educado em diferentes gêneros de pintura em laca, pintura japonesa tradicional e pintura ocidental, Toshiyuki Enoki faz de seus trabalhos um amálgama de novo e velho, da realidade e mito. O artista procura envelhecer seus trabalhos, como um  tributo temático a artistas tradicionais e reconhecidos, como Maruyama Oukyou. Utilizando particularmente pincéis gastos, Enoki, de forma cíclica, pinta, apaga e transfere imagens para seus trabalhos, de forma a criar uma atmosfera única.  Os detalhes de suas pinceladas são reminiscentes dos trabalhos em laca que serviram de inspiração ao artista. Sua seletiva paleta de cores quentes e folha de ouro sobre a tela cria uma impressão geral mágica.




2 comentários:

Arlete Felfeli disse...

Minha querida FADA Do Mar Suave.
Acessar o BLog é algo tão satisfatório e, com a certeza de que encontrarei sempre lindos trabalhos aqui.
A poesia de Giuseppe Ungaretti, casou super bem com as telas de Toshiyuki Enoki, isto tudo junto à música... Como não se encantar? É impossivel!!!!
Não conhecia as telas deste pintor que mistura as técnicas de uma forma tão particular. São lindas!
Lendo a biografia dele vemos que existe tantas coisas a se aprender na arte que uma existência para um pintor é pouco, assim como acredito que para os escritores, em relação ao livros, também o é.
Toda vez que venho até aqui, saio deslumbrada.
Mas não consigo sair rápido não, rs,rs,rs,rs... Vou e volto e viajo e passeio e curto cada pincelada dos pintores e cada palavra de tantos escritores que já passaram aqui.
A Magia se dá no encontro dos dois, Arte & Poesia!
Adoro muito mesmo, aprecio e emociono-me aqui.
Querida FADA, vc a cada postagem nos traz o mundo das FADAS.
Que bom para nós!
Sempre sei que terei uma surpresa vindo aqui, sempre aprendo e sempre sinto meus olhos preenchidos e tranbordando de Arte.
Obrigada por mais esta excelente postagem, que sei que é feito com muito estudo e critério artístico. Seu trabalho é primoroso e de sensibilidade à flor-da-pele.
Parabéns pelo seu lindo trabalho, querida FADA.
Voltando ao passeio... rs,rs,rs,rs...
Beijos!
Arlete Felfeli

Fada do Mar Suave disse...

A todos os amigos que aqui passaram, o meu agradecimento e o meu desejo de tê-los sempre perto, deixando suas mensagens, para que a cada dia, este espaço fique mais belo e suave.

Com amor da Fada do Mar Suave.