Vladimir Volegov







Palavras caladas

Preciso escrever, preciso... a alma canta palavras caladas.
Precisam surpreender, envolver.
Há nostalgia e face fria,
Desenvolver alentos, doce e calmaria.
Fazer a noite norte condicionar alimentos
Embebedar-me de licores
Amores fartos e
Sentimentos.

Kátia Torres Negrisoli

Um comentário:

Fada do Mar Suave disse...

Queridos amigos, por um erro operacional 100 mensagens foram apagadas e não consegui resgatá-las o que deixou-me triste. Peço que desculpem o transtorno e agradeço a participação! Voltem sempre que é uma alegria! Beijosssss