Marc Chagall





Penas de Poesia


© Nathan de Castro





Não gosto de poucas palavras.
Sou a essência dos excessos.
Não reconheço a paixão sem a explosão dos beijos.
Vez por outra, acredito em atração fatal.
Eu, que já morri de amor por tantas vezes,
às vezes,
penso que o amor é coisa de outro mundo.
Disseram-me que paixão é pecado:
luxúria.
Não existe perdão para um poeta!
Somente a anistia para os versos de gaveta.
O amanhã?... Quem sabe, outro poema?
Palavras, palavras, palavras! A madrugada é nossa
e veste os trajes das flores de abril.

As noites de outono me dizem tantas letras que penso
que todos os versos só brotam na estação
de folhas secas.
O amanhã guarda o silêncio das canções.
Poesia?... Sim.
Amanheceu novo dia.
Lá fora os pássaros voam num bailado feliz de poesia.
Trinados, trinados, trinados!



Meus pássaros têm somente penas de poesia.


Palavras, palavras, palavras!





16 comentários:

Olga Sílvia Pereira disse...

Só emoção que invade minha alma. Venho todos os dias me reabastecer de cultura, arte, música do mais alto nível. Estou aqui me alimentando destas poesias de Nathan de Castro.
Marc Chagall e Tom Jobim, nada poderia ser mais perfeito.
Agradeço a você Fada por ter me ensinado o caminho da salvação. Somente pela arte nossos espíritos ficam apaziguados e esperançosos.

Olga Sílvia

Vinicius Fernando disse...

Parabéns! A poesia de Nathan de Castro entra em nossos corações magicamente. Esta composição com Marc Chagall e Tom Jobim trouxe beleza e suavidade nesta estética das palavras tão bem trabalhadas aqui.

Vinícius Fernando

Bruno Paulo Figueiroa disse...

Estou apaixonada por estas poesias que traz tando amor nos versos.
Tudo perfeitamente composto para trazer encanto em nossos dias.
Parabéns sempre.
Bruno Paulo

Robertinho Santos disse...

Nossa!!! Eu sou adepto da sofisticação e grande estilo, por isto amo Fada do Mar Suave, minha poderosa e chiquérrima Fada.
Olha a disputa pra sentar no computador! Todas suas fãs e amigas estão aqui ouvindo e lendo estas poesias.
Robertinho, Danny, Maxuel e galera.

Nicolas disse...

Muito bom ficou a página hoje. A arte de Marc Chagall e a poesia de Nathan de Castro está criativo, sensível e amoroso.
Gostei deste poeta e vou ler todas as poesias.
Obrigado querida Fada.
Nicolau Santana

Gabriela Peres disse...

Bravo!!! Ótimos poemas e uma bela arte. Sensibilidade e amor há neste Blog. Maravilhoso! Sucesso

Gabriela

Ana Clara Couto disse...

Este blog encantou o mundo poético e artístico. É primoroso, requintado e único.
Parabéns Fada do Mar por brindar-nos com o melhor na cultura.

Carmem Dinis disse...

Sinto-me feliz quando entro neste Blog. Sou uma adoradora de poemas e artes. E esta união tocou direto na alma.
Parabéns, Nathan de Castro, pela maestria em seus poemas que deixou-me sensibilizada e o colorido de Marc Chagall ficou em minha mente.
Continue sempre Fada do Mar Suave.

Maristela Coutinho disse...

Blog requintado, fino, delicado e soberbo.
Tenho orgulho de frequentar este espaço cultural. A cada dia aprendo mais conhecendo novos poetas e novas artes.
Nathan deCastro é um poeta grande e adorável e estes slides são um primor digno de uma Fada.

Maristela Coutinho

Cristina Queiroz disse...

Gostei demais da poesia de Nathan de Castro e de Marc Chagall. Oportunidade rara e única de ver uma união tão bem feita e elaborada.
Parabéns! Cristina Queiroz

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Estava de passagem, avistei o teu espaço, adentrei, gostei e não resisti em dizer-te que adorei a poesia, bem como, dar-te os parabéns pela escolha. Espero voltar aquí mais vezes.

Beijos,

Furtado.

Anônimo disse...

Muito lindo mesmo está esse blog.Vejo sempre.

Ednaldo

Aurélia Chaves disse...

Meu blog preferido, bonito, alegre, culto e poético. Gostei muito deste poeta Nathan de CAstro, quanta sensibilidade. E o Mar Chagall deispensa comentários. Lindo. Vou continuar lendo as poesias.
Aurélia Chaves

Paula Gomes disse...

Um beleza de poesias e artes. gostei de tudo, obrigada por trazer tanta coisa boa pro nosso dia.

Ana Maria Rizzato disse...

Muita emoção passa este Blog. Poesias e artes de primeira qualidade. Uma benção estar em contato com um mundo de cultura tão vasto e primoroso. Parabéns ao poeta, ao artista e a Fada do Mar Suave.

Marilda Catanezzi Muller disse...

Parabéns Fada do Mar Suave. Parabéns Nathan de CAstro. Parabéns Marc Chagall. Trouxe paz e conhecimento hoje em minha casa. Agradeço a vocês por tudo que deixou aqui e em nossa mente.

Marilda Catanezzi Muller