Taras Loboda



 

 

 




Palavras


Busquei a palavra certa para
Deixar em sua vida.
Queria te falar do meu querer...
O coração descompassado,
Mal parava no lugar.


No entanto fui amiga do
Silêncio covarde, da lágrima
Que caia enquanto você partia
Sem nada saber, sem nada ouvir...


Vi meus desejos em pedaços
No caminho em que seu vulto
Distanciava-se mais e mais...


Busquei coragem para ficar
Em seu mundo...
Não encontrei.
Somente fiquei com o gosto
Amargo de uma saudade
Ecoando a palavra certa...
Amor...



Marleninha Castilho

Um comentário:

Fada do Mar Suave disse...

Boas Festas!

Nesta época do ano, aproveite para comemorar suas alegrias junto aos seus amigos e familiares,brindando com artes e poesias os bons momentos do Blog Fada do Mar Suave.
Desejo a vocês artistas, poetas, músicos e aos amigos visitantes, um 2010 com muito sucesso, sorte e luz. Obrigada pela parceria, pela amizade durante este ano.
Com muito carinho da Fada do Mar Suave.