José Roosevelt/Juan Alberto


Jose Roosevelt

 “Nasci no Rio de Janeiro, Brasil em 1958. Como autodidata, promovi minha primeira exposição aos 20 anos, em Brasília. Nessa época, minhas composições eram repletas de imagens simbólicas, como em sonhos. Em 1988, tive a oportunidade de mostrar minhas pinturas e desenhos na Europa. Dois anos mais tarde, montei atelier em Lausanne, Suíça. A partir daí, mostrei meus trabalhos em vários países. Contudo, a pintura não é minha única atividade: fiz as ilustrações de vários livros, particularmente Alice in Wonderland, de Lewis Carroll, assim como escrevi e desenhei algumas graphic novels, desenhei uma bancada de Tarot e publiquei dois catálogos de desenhos e um de pinturas."


Com a trilogia em quadrinhos The Clock, publicada pela Editions Paquet, ele inventou o personagem de Juanalberto, que deu seu nome a um site. Juanalberto é um homenzinhol com uma cabeça de pato, um tributo ao grande designer Carl Barks (1901/2000), que inspirou o sopro da vida de Pato Donald e seu mundo,
pela realização de obras de arte dos quadrinhos entre 1942 e 1966.
Roosevelt até começou a sua carreira pelos quadrinhos. Na verdade, ele aprendeu a ler nos quadrinhos, criando suas primeiras tiras aos 8 anos.
Aos quinze anos, a pintura atrai Roosevelt. Fascinado pela arte do fantástico e pelo surrealismo (Bosch, Brueghel, Dali), ele começou a pintar seus primeiros quadros a óleo, de modo completamente autodidata. O artista visita museus e galerias de arte, devora livros sobre a história e a técnica da pintura.
Questão de tempo, a história em quadrinhos passa para segundo plano e influências como Barks, Hergé, Mort Drucker, Moebius e Druillet ficam em projetos dessa época, poucos dos quais ultrapassaram as primeiras páginas.
Em contraste, a pintura torna-se, especialmente importante e, a partir de 1977, sua atividade mais importante. O surrealismo se torna definitivamente sua prioridade a partir de 1985. Roosevelt desenvolveu, através de suas exposições, uma língua original, uma mitologia pessoal, em que explora a imagem do corpo humano (o seu tema preferido), preenchendo o entorno com frutas, livros, bandeiras, máscaras, pinturas, figuras encantadoras, paisagens estranhas e céus luminosos, com uma composição rigorosa e um senso de equilíbrio herdado da Renascença.









DIÁRIO DE POETA
Aqui você encontra quase toda minha vida que é a própria ARTE. Sou poeta / artista plástico / músico violonista / compositor / cantor / marceneiro / Fã da natureza. O navegador de poemas / por O.Heinze - Que não se fuja da poesia para que a alma não se perca, pois sem alma o coração degenera e sem coração o amor inexiste e sem amor o que resta? Apenas sangue...



Aos leitores de O. Heinze

Toda magia é especial, transcendente. Porém, o intercâmbio dela entre nós, eu e vocês leitores (as), é além. Estamos mergulhando numa Energia Universal chamada Poesia, experimentamos algo impagável, inexplicável, excitante, apaixonante, Vida!
Gostaria de dar-lhes um abraço pessoalmente, olhar-lhes no olhar e alcançar vossas almas, materialmente, falando. Por ora minha satisfação etérea já é magnífica, afinal, vivemos na Poesia uma outra dimensão, de um Mundo absurdamente possível.
Ora, vejam só! Talvez sejamos tidos por loucos, mas sonhar, iludir no bem, fantasiar, fazer de conta, só faz mal para quem acha que é loucura. Para nós o inimaginável é muito mais que apenas idéias tolas, é um Poder interno que faz o coração acelerar, a alma enternecer e as lágrimas brilharem doces. Faz acreditarmos no hoje, o mundo retomar cores, a Vida voltar ter razão de ser...
Amigos (as) apreciadores da Poesia, Muito Obrigado pela troca de energias que me traz o maior tesouro da vida: a sensação de unificação fraternal...
Jamais deixem de serem crianças...

Abraços fraternos!
O. Heinze 

4 comentários:

Lilás disse...

Apaixonante sua arte Juan Alberto. Você é um artista criativo, inspirador e sua arte surreal é uma das melhores que já vi. Gostaria de vê-lo em uma exposição aqui no Brasil e seria o máximo.
Parabéns O. Heinze estou me deliciando com suas palavras.
querida amiga, amo seu trabalho. Abracinhos

Nicolas disse...

Parabéns José Roosevelt pela arte espetacular apresentada. Abraços

kátia Marilda Catanezzi disse...

Fada do Mar
Achei divino o trabalho de Juan Alberto e fiquei interessada em conhecer mais sobre este artista. Vou entrar no endereço que aqui foi postado para me inteirar sobre esta interessante arte. Aprendo e apreendo muito com esta galeria de artes.
A música acompanha lindamente a arte e o slide tão bem executado, pena que é fechado. As poesias de O. Heinze são telúricas e vemos imagens quando a lemos. E adoro por ser várias postadas, podemos ter a dimensão do trabalho de cada artista.
Saber sobre o artista plástico e o poeta é fundamental. Seu blog é rico em conteúdo, bem elaborado e formatado. Dou-lhe os parabéns com louvor.

Fada do Mar Suave disse...

Agradeço carinhosamente ao artista José Roosevelt, que contribuiu de forma brilhante e emocionante para com este Blog. Sua participação foi especial e sua galeria foi um sucesso, pois sua arte tocou o coração de todos que a contemplaram.
E agradeço de forma especial ao amigo poeta O. Heinze que, com seus dons artísticos e sensibilidade mexeu com os sentimentos de nossos visitantes.
A todos os participantes desta postagem que prestigiaram os artistas José Roosevelt e O. Heinze o nosso muito obrigado. Suas mensagens nos estimulam a cada vez mais fazer o melhor para que este espaço leve-nos ao caminho do Belo, assim celebrando a vida e a tornando mais suave e prazerosa de viver.

Voltem Sempre!
Com amor da Fada do Mar Suave.