José Roosevelt/Juan Alberto







O sapo encantado


Sou um sapo encantado
na alameda da vida
tentando chamar a atenção
da paixão de uma princesa
que com seu beijo mágico
faça eu me sentir um príncipe...


Mas qual me quereria
se não falo inglês, espanhol
não tenho carro do ano
sequer tomo anabolizantes?...

Qual me aceitaria
sem uma faculdade
casa própria e de veraneio
cartões de crédito
e nove dígitos na conta?

Que adianta ter em mim
todo amor universal
a transparência da honestidade
a palavra de honra de um sapo
se não sou o homem sonhado???...


O. Heinze

2 comentários:

Alminha Iluminada disse...

Mágico!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fada do Mar Suave disse...

Agradeço carinhosamente ao artista José Roosevelt, que contribuiu de forma brilhante e emocionante para com este Blog. Sua participação foi especial e sua galeria foi um sucesso, pois sua arte tocou o coração de todos que a contemplaram.
E agradeço de forma especial ao amigo poeta O. Heinze que, com seus dons artísticos e sensibilidade mexeu com os sentimentos de nossos visitantes.
A todos os participantes desta postagem que prestigiaram os artistas José Roosevelt e O. Heinze o nosso muito obrigado. Suas mensagens nos estimulam a cada vez mais fazer o melhor para que este espaço leve-nos ao caminho do Belo, assim celebrando a vida e a tornando mais suave e prazerosa de viver.

Voltem Sempre!
Com amor da Fada do Mar Suave.