Lucien Lévy-Dhurmer






se...


se teu coração desenhasse
sonhos
madrugadas proibidas
fossem memórias
quentes
invólucros naturais
de sensações palpáveis
notas que por si só
vibrassem
loucas línguas
salivassem
partículas heterogêneas
desprendessem
transmutassem
e entre si
amalgamassem...

...seria a química perfeita
meu amor!


Lúcia Gönczy

6 comentários:

Alminha Iluminada disse...

Fada
Passando para encher meu peito, com este mar de paixão, beleza e poesia que aqui sempre encontro.
Sabe o quanto me identifico muito com este blog.
Beijos com o desejo dos mais lindos sonhos para você. Alminha

Alminha Iluminada disse...

Querida Fada, obrigada por momentos de intensa beleza que aqui encontro. Tenho a alegria de poder desfrutar deste espaço durante algumas horas por dia é isto para mim é um privilégio divino.
Sua amiga Ana Clara

Lilás disse...

Estes posts tão significativos guardarei sempre na memória e no coração.

katerine-zucon disse...

Voltei para contemplar a bela arte e ler as poesias. Tudo lindo e agradável. Ficarei mais um tempo navegando e pegando beleza e alegria.
Beijos

Frederico Augusto Razzo disse...

As imagens são belas e cativantes e a poesia segue no mesmo ritmo com grande maestria. Parabéns pela escolha destes dois artistas.
Bjs

Fada do Mar Suave disse...

Agradeço a poeta Lúcia Gönczy que trouxe o brilho de sua poesia para este espaço. Adoramos lê-las e a composição com a arte de Lucien Lévy-Dhurmer ficou maravilhosa.
A todos os amigos que deixaram sua mensagem agradeço de coração. A presença de vocês revigora e da um novo ânimo para continuar neste caminho de levar o belo e a poesia ao coração de todos.
Com amor da Fada do Mar Suave.