Akira Blount









Amigo


O meu amigo é segredo
Mal sabe ele do medo
Que tenho de revelar

Esse afeto tão grande
Me transformou num gigante
Imenso, o maior que há

Mas se lhe falo do apreço
Do amor que lhe ofereço
Pelo amor que ele me dá

O vento muito travesso
Pode espalhar esse verso
E para longe levar

As palavras mais bonitas
Que jamais foram ditas
Para a amizade honrar

Prefiro escrever rimas minhas
Em pequenas palavrinhas
Que um dia irei lhe ofertar

Num lugar calmo e seguro
Longe de qualquer gatuno
Que queira um amigo roubar


Bernadette Moscareli

5 comentários:

Alminha Iluminada disse...

Lindo demais!

Nicolas disse...

Realmente impressiona a arte e a poesia.

Eurídice Jocil Honório disse...

Obrigado por nos dar a oportunidade de contemplar as mais belas artes e as mais belas poesias, e poder pensar e dizer: Como faz bem para o meu coração quando acesso esse o lado Blog e ter amor, paz e cultura por meio de almas pensantes que vieram para nos ensinar que apesar de tudo a vida é bela e vale a pena ser vivida. Agradeço aos artistas postados.
Abraços.

Líria Marin Solano disse...

Muito bom atravessar o tempo, sonhando, viajando..e até mesmo chorar de emoção por meio da arte e da poesia. Parabéns a Akira Blount, Bernadette Mosacareli e a você que proporciona estes sonhos. Beijos com ternura.

Fada do Mar Suave disse...

Agradeço aos amigos que nos visitaram, deixando seus comentários estimulantes. Isso é energia para todos nós, principalmente os poetas e artistas que apresentamos. Voltem sempre, é um prazer enorme encontrá-los a cada postagem.
Com todo o carinho,

Fada do Mar Suave