Alexander Anufriev





Mulher, antes de ser feminista,
era artista, sabia fazer bolo com arte.
Cuidava de muitos filhos e dava atenção ao marido.
Muitas pensam que Hoje estão livres,
não são mais escravas do lar,dos filhos e do companheiro.
Engano delas, estão prisioneiras do sistema,
do feminismo, da ganância em ganhar dinheiro, esquecem da família.

A rua cuida dos seus filhos, que depois elas tentam buscar e não conseguem mais encontrar.
Coitada da mulher, sinto pena de dar dó. Vive em busca de liberdade, e vive sempre só.
Mulher de verdade, era de antigamente, que tinha sabedoria e tempo para cuidar da gente.
Hoje elas perderam tudo, deixam o lar para estranhos cuidar , os seus filhos para babá educar,
na cozinha ela nem sabe o que tem, deixa na mão de outra pessoa também.
Quando o tempo passa, ela vê seu filho já moço, e não teve gosto de ver crescer.
Aí vem depressão, e ela gasta todo seu dinheiro com um doutor para curar.
E ninguém percebe, tudo o que deveria ter feito, teria jeito melhor, se da família fosse cuidar.



Bety Viotto

Um comentário:

Fada do Mar Suave disse...

Bety Viotto, com sua poética sensível e bela iluminou este blog, que a todos agradaram. Sua composição com a arte de Alexander Anufriev, que é pura luz e magia, encantou e emocionou. Agradeço de coração a você o ao Alexandre Anufriev, por partilhar o que há de mais belo de seus trabalhos com nossos amigos, amantes das artes e poesias.
Este espaço estará sempre aberto a vocês que sabem fantasiar o mundo, trazer alento aos corações com seus talentos e dons.
Com muito carinho Fada do Mar Suave.