Emilia Castañeda


Emilia Castañeda nasceu em Madri em novembro de 1943. Três anos mais tarde, sua família se muda para Barcelona, onde residirá a maior parte de sua vida. "Despertei para a arte - afirma - ao mesmo tempo em que para a vida: suponho que a isso se chama vocação. A princípio, era uma busca intuitiva, já que carecia por completo de conhecimentos pictóricos. A arte, para mim, era una dimensão puramente estética, e assim segue sendo". Estudou na Escola de Víctor Esteban Ripaux, além de recebe aulas particulares de desenho, às quais sempre dedicou um interesse especial. O período de formação, no qual vai obter conhecimentos técnicos e as bases imprescindíveis sobre espaço, tempo, perspectivas e estrutura, vai de 1956 a 1966.
Sua obra recebe, nos primeiros anos, influências de tipo impressionista e fauvista. Em 1973 celebra sua primeira exposição individual na Galeria Lleonart de Barcelona, apresentando vinte e seis obras e quatro desenhos em carvão.









GRANDE MENTIRA



Nas ruas desertas,
Lavadas de chuva;

Uma saudade me resta.

Na pintura das casas,
De fachadas serenas;

Uma saudade me resta.

Na melancólica manhã,
De um lugar qualquer;

Uma saudade me resta.

No cheiro da terra molhada,
Pronta para o plantio;

Uma saudade me resta.

No silêncio que paira no ar,
Perturbado pelo som

Dos saltos dos meus sapatos;
Uma saudade me resta.

Na solidão dos caminhos,
Viajando sem receio pro passado;

Nenhuma saudade eu trago.


Ysolda Cabral

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza, ou saudade sem nenhum pudor.

Ysolda Cabral


 

4 comentários:

Ana Clara Couto/couto.anaclara@gmail.com disse...

Um dia de ausência fico com saudades desse cantinho tão confortante, quentinho e agradável. Momentos dadivosos para refletirmos, relaxarmos e amarmos um pouco contemplando as mais belas artes e lendo as melhores poesias que já li. E, por sinal estou viajando com Ysolda Cabral em seus escritos tão belos e raros. E a nossa existência agradece por este momento de emoção e felicidade.

A dúvida da ovelha disse...

"A arte é a assinatura da civilização." (Beverly Sills)

Parabéns, artistas maravilhosas. Cumprem sua missão com fervura e amor, nesta passagem terráquea.

Flávia Belo Andrade disse...

Delirante esta postagem. Parabéns!

Fada do Mar Suave disse...

Amiga Ysolda, os meus mais sinceros agradecimentos, pela sua contribuição para este Blog. Você deixou este espaço iluminado, emocionante e o enobreceu com sua presença. Suas poesias são sensíveis e belas, tocou nossos sentimentos, e nos fez refletir sobre a vida com ela.
Fico orgulhosa de tê-la como amiga. A composição com a arte de Emilia Castañeda ficou maravilhosa e ela deve estar orgulhosa disto.
Também fiquei em estado de encantamento com a belíssima arte desta maravilhosa e fantástica artista Emilia Castañeda.
A vocês queridos amigos visitantes
Quero agradecer a todos pelas mensagens, pelo carinho e respeito ao nosso Blog.
Fica claro para mim, de que vale a pena continuar neste sonho.
Com carinho da Fada do Mar Suave.