Stanislav Sugintas








Con-sequência...


Cores, cordas, acordes, correlatos acordam coração.
Formatados, riscam anjos, arco-íris, nuvens desenhados,
e musicais...Chovem no molhado do espelho de minh´alma...

Gaiô.

2 comentários:

Ana Júlia Matos disse...

Cara Fada do Mar, que preciosidade seu espaço azul, não?! Você nos brinda com artistas de tanto valor engrandecendo nosso conhecimento e nosso ser, num mundo de frivolidades...Sou grata por ter pessoas de real valor como você que tem a responsabilidade de levar as poéticas em um nível elevado para seus seguidores e pesquisadores. Parabéns!

Ana

Fada do Mar Suave disse...

Agradeço à querida amiga e poeta Gaiô por abrilhantar este espaço com sua poética belíssima, que tanto nos encanta. E pela oportunidade de postar esta arte maravilhosa de Stanislav Sugintas, que nos alegra a alma. E a todos os amigos que aqui passaram o meu profundo respeito, com o desejo que voltem sempre!
Abraços carinhosos a todos!