Ana Luisa Kaminski








Véus, Vôos e Avessos




Quando amo plenamente
abro os portais da alma
sem medo de me lançar
ao alizarim, ao azul
arrisco a entrega inteira
sem temer vôos ou quedas
vislumbro o céu e o avesso
nos olhos descortinados
vejo verdes, lilases, anis
cor-de-noite, terra, gris
janelas abertas, paraísos...
Coração leve, apaixonado
livre dos véus da ilusão
avança no vazio violeta
inventa novos jardins
revive entre nuvens e luzes
ultrapassa limites, cintila
num trânsito eterno-etéreo...




Ana Luisa Kaminski

2 comentários:

Ricardo Bento disse...

Uma página maravilhosa! Tanto as poesias com as belas ilustrações, são por demais belas. Um encantamento que faz o coração pulsar mais forte. Sinto-me feliz e abençoado quanto tomo contato com tanta galhardia.
Louvores para vocês Fada do Mar e a escolha de Ana Luisa, fazendo com que este Blog seja sempre de excelência.

Fada do Mar Suave disse...

Querida Ana Luisa Kaminski

Amei tê-la neste cantinho, que busca pelo belo, pela suavidade da vida. E você, como uma estrela cintilante, trouxe esta luz para este espaço com sua arte delicada, sensível, sensual e cheia de símbolos e significados. Como visionária, nos levou a uma viagem cheia de sutilezas, nuances coloridas, transcendendo, quebrando paradigmas e nos levando à nossa verdadeira morada. A morada do ser. A experiência, de uma existência autêntica por meio da arte, é a verdadeira luz ou felicidade que vivenciamos nesta passagem.
Agradeço a você pela contribuição a este Blog, que é feito com carinho e muita dedicação para o deleite de nossos visitantes. E, disponibilizo este espaço para uma futura jornada.


A todos que participaram desta página agradeço de coração, pois é um alegria para o artista saber como sua arte está tocando as pessoas.
Com muito amor da Fada do Mar Suave.