Ana Luisa Kaminski









Ventos Azuis




Ana Luisa Kaminski, 07 de junho de 2007.




Lembranças azuladas

balançam ao vento

nos varais da memória

escorrendo cerúleo

na manhã turquesa...


* * *

Divagações violetanis

feito finas seivas de uva

navegam no azul-cobalto

deslizam nos lilases leves

dos fluidos rios da alma...


* * *

Perdura enfim o prazer róseo

de flutuar entre as estrelas

na doce nau do teu abraço

quando na aurora enluarada

fui tua "flor da madrugada"...


* * *

Cristais e cores renascem

todos os dias nos sonhos

e beijos-pássaros pousam

nas claras horas translúcidas

do jardim invernal ultramar...


* * *

Vozes veludosas velozes

de violinos violeta-alados

viajam nas asas dos ventos

afinam-se ao poeta inventor

de azuis-celeste-encantados...





3 comentários:

Anabell Lee disse...

Um blog realmente compromissado com a mais pura arte. Gosto de sua independência e saber. A arte é importante para misturar alhos e bugalhos. Aqui sim da prazer de entrar e deixar uma mensagem com vontade, por pura emoção.
Me perco neste mundo azul e fico arrepiada com tanta emoção. Amei Ana Luisa Kaminski. Nenhum outro lugar consegue reproduzir com tanta paixão o brilhantismo da real obra de arte.
Só peço que continue, pois necessito do inteligente pra suavizar a vida.

Vicenso Rizzo disse...

Amo borboletinhas, orquídeas, lilazes, azuis, seios, tudo que é lindamente surreal.
Ana Luisa você se misturou com a magia de sua arte. Agora fiz uma viagem linda e emocionante.
Adorei você e sua arte. Fada tão Suave do Mar do a Ar e do Amar, a cada dia se supera e surpreende-me. Adorei-te ontem, hoje e sempre.
Vicenzo Rizzo

Fada do Mar Suave disse...

Querida Ana Luisa Kaminski

Amei tê-la neste cantinho, que busca pelo belo, pela suavidade da vida. E você, como uma estrela cintilante, trouxe esta luz para este espaço com sua arte delicada, sensível, sensual e cheia de símbolos e significados. Como visionária, nos levou a uma viagem cheia de sutilezas, nuances coloridas, transcendendo, quebrando paradigmas e nos levando à nossa verdadeira morada. A morada do ser. A experiência, de uma existência autêntica por meio da arte, é a verdadeira luz ou felicidade que vivenciamos nesta passagem.
Agradeço a você pela contribuição a este Blog, que é feito com carinho e muita dedicação para o deleite de nossos visitantes. E, disponibilizo este espaço para uma futura jornada.


A todos que participaram desta página agradeço de coração, pois é um alegria para o artista saber como sua arte está tocando as pessoas.
Com muito amor da Fada do Mar Suave.