Sergio Lucena

Sergio Lucena, paraibano de 46 anos, é hoje um artista consagrado. Jacob Klintowitz que o diga. Tendo na inquietude e na busca constante por novos universos e significados uma marca registrada, deixou rastros em fases como o plano americano, o teatro de bonecos, circo, teatro e vários ícones da arte nordestina, sempre com figuras caricaturais, em uma obra que valoriza tonalidades intensas e figuras humanas distorcidas, beirando o surrealismo. São chocantes seus registros de figuras demoníacas, apresentadas em mínimos detalhes. Em determinado momento, substitui o contorno de formas pelas linhas por uma delimitação por meio da luz, mostrando uma criação estética bem mais elaborada, uma evolução no domínio da técnica. Outra característica inovadora é a parceria em um jogo de pinturas a quatro mãos, em obras divididas com Flavio Tavares, que acabaram por gerar uma obra híbrida. De certa maneira, foi a partir daí que o trabalho de Lucena ganhou novas características, como o uso maior das sombras e das figuras grotescas, resultado provavelmente da mencionada preocupação de trabalhar cada vez melhor intensidades e nuances de luz.

"...Não considero mais a felicidade inatingível, como eu acreditava tempos atrás. Agora sei que pode acontecer a qualquer momento, mas nunca se deve procurá-la.... Agora o que procuro é a paz, o prazer do pensamento e da amizade. E, ainda que pareça demasiado ambicioso, a sensação de amar e ser amado."



Sergio Lucena



Rua Artur de Azevedo 1137
São Paulo, SP CEP: 05404 012
Fone: 11 3083 1785 Cel: 11 7249 9191

http://www.sergiolucena.net/portfolio.html

sergiolucena@uol.com.br






Viés do olhar poético.



Entretem a razão

dando ao foco dispersão...

Veste-a de cores,

flores,

jasmins, odores,

intuires

em arco-íris de dores

disfarçadas em luares,

paisagens lidas,

sentidas,

desfolhadas em olhares,

amores.

E o coração,

sobreposto

à razão,

sucumbe

à luz,

refrata,

reluz...


Gaiô



14 comentários:

Arlete Felfeli disse...

Que maravilha conhecer a Arte de Sergio Lucena!
Que expressividade plástica incrível.
Fico emocionada em ver trabalhos como estes que vi aqui. Me enchem os olhos e preenchem minha Alma.
Que telas lindas, que desenvolvimento maravilhoso, composições incríveis, que cores e expressão.
Amei conhecer o trabalho do Sergio Lucena! Fiquei realmente comovida e emocionada com o seu trabalho.
Parabéns à Fada pela linda composição de Artistas, Sergio Lucena e Gaiô! PERFEITOS!
Parabéns ao Sergio, pelo lindo trabalho que desenvolve! Estou encantada com as Telas!
Parabéns à Gaiô, uma Maravilhosa escritora, uma poetisa incrível!
Sucesso SEMPRE!
Beijos!
Arlete Felfeli

Cida Gaiofatto disse...

Ao Poeta da Luz, Sérgio Lucena...

Fascínio, assombro, tênue descompasso me tocou, diante dos "Deuses da Terra", "Luz e Silêncio" e "Paisagens" que visitei no MUBE em 2007...
Como se perdida no tempo-espaço, o reencontro almejado no imaginário, com algo vivente da luz...Foi simbiótico, sincronicidade de almas buscando se conectar à fonte, às raízes memoriais, onde tudo pairava sobre as águas em conexão com o sonho...
Não queria sair de lá, diante da aura iluminada de suas obras...A transparência de sua cor, a fina sintonia com mundos que almejamos sem explicar por que... Muito me emocionei e me encontrei em olhar a transparência emergindo no ar, em paisagens etéreas, sonhos buscados no encontro com o imaterial , no Ser, no Estar...em linguagens do mais profundo da existência...
Encontro com o Belo, com a dimensão do Sagrado, Paisagens Metafísicas, me conectaram com a realidade que busco em sutilezas, essência, emoção no diverso que unifica...Eu, você, o outro, somos um...
O olhar encantador de tudo que é real e não visível, senão ao coração da emoção, intuição, sensação.
E tudo isso compõe a paisagem humana que tanto busco criar em meus poemas...
Sua expressão é profética, tangendo a alma do todos nós, sedentos de transcendência...
Obrigada, poeta da luz, por sua adesão em compor comigo a página deste blog tão belo, promovido pela delicadeza da tão sensível, Fada do Mar Suave...
Abraço grande.
Gaiô.

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaa disse...

Quanta Luz, quanto encantamento. Nunca havia visto nada igual em artes. O inusitado que comove e fica para sempre na lembrança.
Muito bom,artista e poesta.
Venham sempre alegrar nós que aqui estamos e por vós esperamos.

Antonio Ricardo disse...

Poesia com expressões adequadas, palavras certas,linguagem límpida e corrente, refelxiva e criativa de Gaiô. A arte de Sergio Lucena é de primeiríssima grandeza.Vislumbrar estes dois artistas é sagrado e sentimos mais próximo de Deus.
Parabéns pelo espaço onde a arte e poesia são um dos poucos bens que ainda existe neste conturbado caos.

Antonio Ricardo

A dúvida da ovelha disse...

Uma arte e poesia com valor e glória que transcendem e ressangra. Mergulhei num Mar Suave de poemas e artes e neste mergulho encontrei o alimento etéreo, a felicidade.
Com muita admiração Fada do Mar que proporciona estes encontros vivos e poéticos.
Carinhos e abraços poéticos envio ao Sergio Lucena, Gaiô e a você Fada.
Gabriela

Cida Gaiofatto disse...

À Fada do Mar Suave.

Querida formatadora de sonhos...
Quero meditar...
acender a luz do coração...
Incendiar meu ser,
de querer, entender
o essencial por viver...
E me vem a Fada,
com seu toque de mar,
suave, doce versejar,
magia de tudo poder,
em atos, conexões,
estéticas formatações,
compondo histórias,
incrustadas,
de preciosas memórias
que perpassam toda sorte de pessoas,
que se encontram acontecendo,
cada qual no seu sentir, conviver.
E você, amada fada,
vai passando de mansinho, se abrindo
ao perceber, de amar, se doar,
no fazer acontecer...
Grandes bênçãos se derramem
ao sagrado que acontece
em cada gesto ou palavra
que desperta a criação...transcender...
Te recebo, te acolho, te amo,
sem nunca ter te visto,
agradeço à vida tanto,
por ser eu, junto a você...
Junto a todos que se unem
que perfazem...o conviver.
Juntando luz...em ser...

Beijos, Gaiô.

Tainá Silva Oliveira disse...

Poeta Gaiô - Uma fabulosa sensibilidade que fascina e maravilha a todos. Seu doce sentir, transmite em formas, rimas, deslumbramentos por tanta beleza.
Sergio Lucena - Suas obras de artes são na essência da palavra: Perfeição!
Divino, belíssimas, sagradas no sentido mais literal, vai à raiz em qualquer sentido.
Um Mar de Bons Desejos a vocês queridos artistas, o qual incluo a Fada do Mar Suave, pela arte de unir talentos e trazer de forma primorosa a elaboração deste Blog.

Ana Paula Garcia disse...

Fada

Com certeza animou minha noite, estava mio deprê e estas imagens entraram forte dento de mim. Sou louca por este tipo de poesia, música e aqui me reencontro e su energizada.
Agradeço pela presteza e partilha.
Ana

Anabell Lee disse...

Fiquei muito contente quando soube do projeto deste blog e serei uma seguidora atuante.
Sempre tive contato com o universo das artes, e aqui me impressionou. Ontem comentamos em sala de aula na faculdade sobre a importância destes espaços culturais on-line 24 horas em que possamos acessar a qualquer momento e também a importância da qualidade dos textos, poesias, música e principalmente dos artistas apresentados. Uma grande surpresa ter contato com este talento Lucena, que juntamente com a arte de Niculitcheff aqui postada formaram a dupla dos Sergios mais importantes contemporâneos do país.
Foi recomendado pelo nosso ilustre professor Maurício para debatermos em sala de aula.
Agradeço as informações e a elaboração do blog que nos levam a prestar mais atenção e a ter um olhar mais crítico em relação ao mundo que vemos.
Anabell Lee

Luís Frederico disse...

Caros artistas postados neste Blog.
Sergio Lucena, sua arte é dadivosa e única. Cheia de símbolos e significados.
Gaiô, sua poesia também é unica, é sensivel, lúdica e inteligente. A qualidade do blog é alta, mas esta página especialmente está maravilhosa.
Abraços de Luís

Elisângela disse...

Querida Fada

Mega Saudades... Muita
Um misto de suavidade, firmeza e saber exatamente o que quer. Sabíamos que ia dar um show em Estética, a convivência mostrava. O bom gosto, glamour, respeito e a coragem quando se posicionava e defendia suas idéias em sala de aula. Quando debatia com os professores e enriquecia a nossa Filosofia.
Precisamos encontrar e vamos marcar com a galera toda.
O artista plástico é um show e a poesia divina.
O blog é mega sucesso. Avance destemida, com o desejo de sua alma e com todas as virtudes que tem.
Sinto orgulho de sermos contemporânea e estarmos dividindo o mesmo momento na eternidade do tempo.
Muitos beijos e vou ligar para você.

Raphael Jorge Corsi disse...

Fadasuave

Um blog digno, magnânimo, fiel ao que se propõe e aqui encontramos o Logos que buscamos.
Arte e poesia perfeitas, profundas que sentimos retornando a nossa essência e nos conhecendo melhor e assim nos conectamos com o infinito.
Siga em Frente! Poesia!

Anjus Del Amado disse...

Nunca havia lido esta inspiradora poeta Gaiô que tanto inspira quem a lê. Nunca havia visto este artista Sergio Lucena que me inspirou por sua beleza e a beleza de sua bela arte.
Obrigado pela partilha.
Anjus

Fada do Mar Suave disse...

Gaiô e Sergio Lucena

Dentro da solidão tão necessária, que exige o processo de criação, surge uma maravilhosa conexão, que muitas vezes não sabemos explicar, o porquê, alguns encontros acontecem. Encontros cheios de sentidos já que envolvem sentimentos, vivências e crescimento , como se estivéssemos juntos, num mesmo caminho, para cumprir uma missão.
Há uma sincronia de pensamentos e desejos, como se fôssemos almas companheiras que precisamos partilhar e assim nos sentimos inteiros.
Dia 14/09/2009 = 7, será um dia especial e cheio de alegria e beleza.
Considero um presente divino tê-los perto, neste canto, que transborda arte e poesia, convidando a todos ao mundo feliz da imaginação e do saber.
Com muito carinho da Fada do Mar Suave.