Anne Bachelier









Quando te vejo, o rosto louro ornado
De lauréis verdes, tocar o alaúde,
E a te seguir forçar de modo rude
Árvores, pedras, quando coroado,

Te olho de dez mil virtudes cercado,
Erguendo a honra à maior altitude,
E dos demais ofuscar a virtude,
Meu coração pergunta apaixonado:

“Tantas virtudes te fazem amado,
Tantas te fazem ser tão estimado;
Não poderiam, pois, fazer-te amar?

E, acrescentando à virtude louvável,
Tua maneira de ser muito amável,
Meu doce amor ainda te inflamar?”


Louise Labé

2 comentários:

Greta Almeida Cardoso disse...

Meu deus, já não tenho palavras para descrever sobre esta maravilha de postagem. Perfeitíssimo!!! ... Um primor está esta união de artes e chego á lágrimas de tanta emoção. Agradeço de coração por trazer esta magia para minha vida. Amei e aqui é meu lugar sagrado. Beijocas

Fada do Mar Suave disse...

Agradeço a artista Anne Bachelier que gentilmente autorizou a postagem de sua arte neste blog. Sua arte encantou a todos que por aqui passaram e foi uma alegria e uma honra tê-la neste espaço.
Também gostaria de agradecer todas as mensagens de carinho postadas aqui, pois fiquei imensamente feliz com sua visita.
Aos amigos que recebem as atualizações e que vem visitar o blog sejam bem-vindos, espero que gostem e voltem sempre.
Com amor da Fada do Mar Suave.