Jake Baddeley








Transcendência


O amor não tem piedade, nem fronteira,
Mastiga o verbo, engole e regurgita,
Apunhala e ressuscita.
Sacode o cosmos com gemidos,
Cria o próprio vernáculo, inventa:
Entoa seus bemóis e sustenidos. 

Na nudez de um madrigal felino
Ecoa na pele qual violino.
Mostra metáforas como cicatrizes,
Rasga alma, expõe as vísceras.
Seu codinome, em sementes vorazes,
Sorve água na espera, transpõe a terra.

Extrapola evidências, incorpora segredos,
Morre do que vive, sobrevive no tormento.
Lágrima e sorriso, corte e ungüento.
Sangue, sêmem, vida, movimento.
Transcende razão e alfabeto... 
Nem lhe basta a língua dos anjos.


Stella de Sanctis
 

11 comentários:

Eclipse disse...

Clássico o nonsense do amor...Mas que coisa essa é o amor!!!Parabéns Stella de Sanctis, Jake Beddeley e Fada Suave.

disse...

Lúdico, lírico e arrepiado poema,consagrando as incongruências do amor.Amei.
Adorei as telas!

Adriana disse...

Nossa...Sempre o amor fazendo das suas e como Stella consegue cantar tão bem estas travessuras!Estou extasiada com as telas de Jake Beddeley.

Adriana disse...

As telas de Jake fazem uma maravilhosa composição com o poema de Stella...Amor, o equilíbrio eternamente cuidado!!!!!!!!!!!Delicada incongruência.Lindo, lindo.

lsancta disse...

Díficil cantar o amor, assim, com um lírico arroubo de realidade e perplexidade.O amor é estranho mesmo, mas quem vive sem ele?Lindo poema, lindas telas.Parabéns a todos.

Milton disse...

Maravilhosa a combinação de arte e poesia.
Parabéns Stella

Paul disse...

"Transcende razão e alfabeto...
Nem lhe basta a língua dos anjos."
Iluminado poema sobre os anacronismos do Amor e sua transcendência.Magnífica composição com as telas.Perfeição!

Bernadette disse...

Adorável ler Stella de Sanctis.
Assim como adorei conhecer a linda arte de Jake Beddeley.
Parabéns Fada Suave, belíssimas escolhas !

Anapaula disse...

O amor e seus desdobramentos no tempo, espaço,pele e alma....Canto visceral!Belissima composição com as magníficas telas.

Lucilene Soares disse...

Os poemas da Stella nos absorve, penetra n'alma...

Belíssimos!


E as Telas magníficas! Nunca vi combinação tão perfeita!

Fada do Mar Suave disse...

Queridos amigos
Foi uma alegria imensa ler cada comentário aqui deixado prestigiando nossos artistas. É a participação de cada um de vocês que alimenta nossa alma e nos faz ir em frente, aprimorando cada vez mais nosso trabalho. Conto sempre com suas presenças e, por isto, sigo pesquisando para trazer o melhor na arte e na poesia.
Agradeço de coração a participação brilhante de Jake Baddeley na galeria e de Stella de Sanctis na poesia. Ambos trouxeram muita luz para este espaço e sei que todos os que tomaram contato com estes artistas saíram mais enriquecidos em suas vidas.
Desejo a todos um mundo colorido e poético. Com muito carinho da Fada do Mar Suave.