Arte por Jean da Silva




na torre da igreja

o passarinho pausa

pousa assim feito pousasse

o efeito na causa


Carta pluma


a uma carta pluma
só se responde
com alguma resposta nenhuma
algo assim como se a onda
não acabasse em espuma
assim algo como se amar
fosse mais do que a bruma


uma coisa assim complexa
como se um dia de chuva
fosse uma sombrinha aberta
como se, ai, como se,
de quantos se
se faz essa história
que se chama eu e você


Paulo Leminski


Um comentário:

Fada do Mar Suave disse...

Jean da Silva
Agradeço sua gentileza ao contribuir com este Blog. Sua arte é realmente fascinante e a galeria ficou belíssima. No momento em que homenageamos o Paulo Leminski, você trouxe uma luz especial nesta união da poética visual e escrita.
Continue sempre colorindo e embelezando a vida com sua seu ofício artístico que é uma benção. Aqui desejamos a você muito sucesso e sorte em sua carreira.
Agradeço também a participação de todos os amigos que aqui deixaram suas mensagens e a beleza da poesia de Paulo Leminski.
E, a amiga Cristiana Coeli Goldie, por trazer o talento de Jean da Silva para enriquecer este espaço de artes e cultura.
Com muito carinho da Fada do Mar Suave.