Arte por Jean da Silva


hoje à noite

lua alta

faltei

e ninguém sentiu

minha falta

a estrela cadente

me caiu ainda quente

na palma da mão





Distâncias Mínimas



um texto morcego

se guia por ecos

um texto texto cego

um eco anti anti anti antigo

um grito na parede rede rede

volta verde verde verde

com mim com com consigo

ouvir é ver se se se se se

ou se se me lhe te sigo?


Paulo Leminski



2 comentários:

Roberta disse...

Parabéns pelo conjunto das obras!!!!Bjs

Fada do Mar Suave disse...

Jean da Silva
Agradeço sua gentileza ao contribuir com este Blog. Sua arte é realmente fascinante e a galeria ficou belíssima. No momento em que homenageamos o Paulo Leminski, você trouxe uma luz especial nesta união da poética visual e escrita.
Continue sempre colorindo e embelezando a vida com sua seu ofício artístico que é uma benção. Aqui desejamos a você muito sucesso e sorte em sua carreira.
Agradeço também a participação de todos os amigos que aqui deixaram suas mensagens e a beleza da poesia de Paulo Leminski.
E, a amiga Cristiana Coeli Goldie, por trazer o talento de Jean da Silva para enriquecer este espaço de artes e cultura.
Com muito carinho da Fada do Mar Suave.