Arte por Jean da Silva

amei em cheio

meio amei-o

meio não amei-o

Tudo dito,

Nada feito,

Fito e deito

arte que te abriga arte que te habita

arte que te falta arte que te imita

arte que te modela arte que te medita

arte que te mora arte que te mura

arte que te todo arte que te parte

arte que te torto ARTE QUE TE TURA


......................

a noite

me pinga uma estrela no olho

e passa


....................

cortinas de seda

o vento entra

sem pedir licença




Paulo Leminski

2 comentários:

Ana Clara Couto coutoanaclara@gmail.com disse...

Interessantíssimo trazer Paulo Leminski com estas ilustrações de Jean da Silva, outro paranaense. Um tributo em forma de amor a quem fez e deixou sua história. Parabéns a este jovem artista,muito simpático neste foto, que é dotado de muito talento. Parabéns, Fada pela composição, formatação deste blog tão glorioso.
Ana Clara

Fada do Mar Suave disse...

Jean da Silva
Agradeço sua gentileza ao contribuir com este Blog. Sua arte é realmente fascinante e a galeria ficou belíssima. No momento em que homenageamos o Paulo Leminski, você trouxe uma luz especial nesta união da poética visual e escrita.
Continue sempre colorindo e embelezando a vida com sua seu ofício artístico que é uma benção. Aqui desejamos a você muito sucesso e sorte em sua carreira.
Agradeço também a participação de todos os amigos que aqui deixaram suas mensagens e a beleza da poesia de Paulo Leminski.
E, a amiga Cristiana Coeli Goldie, por trazer o talento de Jean da Silva para enriquecer este espaço de artes e cultura.
Com muito carinho da Fada do Mar Suave.