Lauri Blank







O meu (SEU)
                         Corpo



    O seu corpo me cobre e protege
Aos poucos sinto o encaixar de suas pernas
e o tocar intumescido dos seios sobre o meu peito.
Então suspiro...
Choro e respiro fundo buscando o ar que me foge.

Sua pele é macia como as nuvens,
Seus cabelos se entrelaçam em meus dedos e me agarram como se
          soubessem o que sinto e desejo.
Minhas mãos perdem as forças com o seu perfume e olhar de faca
          que joga sobre mim.
Perco o poder sobre os nervos, que iniciam uma algazarra com o corpo
          que, rendido, torna-se inerte observando-lhe com respeito,
          admiração, desejo e pudor.
Pudor que ofusca o que aos poucos se rende ao toque das mãos e o
          Descansar dos olhos sobre o corpo alheio.

Rapidamente nossos corpos se movimentam...
Despojado de minha alma, o corpo geme. A alma volta a vagar
Alma que esforço por tocar, estou à procura de mim e de ti.

Após um longo e gritante silêncio...
aos poucos o coração retoma o trabalho rotineiro,
os corpos confundidos e compactos em um só espaço
descansam, amam e veneram o que somente Deus presenciou.

Logo adormecemos e despertado pelo tempo...
...não acredito que o amor está em mim...
e aumenta através de um corpo que não mais me pertence.


Lúcio Alves de Barros.

4 comentários:

Alminha Iluminada disse...

Esta poesia me encantou! Parabéns!

Ana Paula Garcia disse...

Tudo maravilhoso e emocionante. Pura Arte, que eu amo de paixão! Poesia que toca na alma e a música é gostosa de ouvir.
Parabéns a Lauri Blank, Lúcio Alves de Barros e a você que elabora este blog. Amei!!!

Fada do Mar Suave disse...

Poeta Lúcio Alves de Barros, agradeço sua gentileza, delicadeza em contribuir com o Blog. É sempre uma emoção fazer sua página e suas poesias tocam o coração de todos que a lêem. Sua presença é sempre uma dádiva divina.
A arte de Lauri Blank é belíssima, enche os olhos de belezas e a alma de visões mágicas.
Sou grata a vocês amigos que nos visitam e deixam mensagens carinhosas aos artistas que iluminam este espaço.

Com carinho da Fada do Mar Suave.

Fada do Mar Suave disse...

Poeta Lúcio Alves de Barros, agradeço sua gentileza, delicadeza em contribuir com o Blog. É sempre uma emoção fazer sua página e suas poesias tocam o coração de todos que a lêem. Sua presença é sempre uma dádiva divina.
A arte de Lauri Blank é belíssima, enche os olhos de belezas e a alma de visões mágicas.
Sou grata a vocês amigos que nos visitam e deixam mensagens carinhosas aos artistas que iluminam este espaço.

Com carinho da Fada do Mar Suave.