Sergio Niculitcheff







LITANIA DO NATAL


A noite fora longa, escura, fria.
Ai noites de Natal que dáveis luz,
Que sombra dessa luz nos alumia?
Vim a mim dum mau sono, e disse: «Meu Jesus…»
Sem bem saber, sequer, porque o dizia.
E o Anjo do Senhor: «Ave, Maria!»
Na cama em que jazia,
De joelhos me pus
E as mãos erguia.
Comigo repetia: «Meu Jesus…»
Que então me recordei do santo dia.
E o Anjo do Senhor: «Ave, Maria!»
Ai dias de Natal a transbordar de luz,
Onde a vossa alegria?
Todo o dia eu gemia: «Meu Jesus…»
E a tarde descaiu, lenta e sombria.
E o Anjo do Senhor: «Ave, Maria!»
De novo a noite, longa, escura, fria,
Sobre a terra caiu, como um capuz
Que a engolia.
Deitando-me de novo, eu disse: «Meu Jesus…»
E assim, mais uma vez, Jesus nascia.


José Régio

2 comentários:

katerine-zucon disse...

Meu Deus, quanta beleza.............

Fada do Mar Suave disse...

Dia felizes em 2011!!!

Queridos amigos, quero agradecer de coração suas presenças no Blog durante o ano passado. Foi maravilhoso poder compartilhar a beleza da arte com vocês e o meu maior propósito é continuar nesta caminhada neste novo ano e em outros que virão. Vou continuar minhas pesquisas em artes e poesias podendo assim levar o belo para que nossas vidas fiquem mais suaves e cheias de boas emoções.
Quero agradecer ao ilustre artista Sergio Niculitcheff que autorizou a postagem de sua bela arte neste espaço trazendo luz e encanto para nossos corações. Espero contar sempre com sua presença brilhante e amiga.
A todos os artistas plásticos e poetas postados o meu mais sincero agradecimento e o meu desejo de muito sucesso, sorte e amor a todos vocês em 2011.
Com amor da Fada do Mar Suave.