Sergio Niculitcheff







Natal Divino

Natal divino ao rés-do-chão humano,
Sem um anjo a cantar a cada ouvido.
Encolhido
À lareira,
Ao que pergunto
Respondo
Com as achas que vou pondo
Na fogueira.
O mito apenas velado
Como um cadáver
Familiar…
E neve, neve, a caiar
De triste melancolia
Os caminhos onde um dia
Vi os Magos galopar…


Miguel Torga

3 comentários:

katerine-zucon disse...

Formas belas e perfeitas.

Marleninh@ Castilho disse...

LINDISSIMOOOOOOOOOOOOOOOO

Fada do Mar Suave disse...

Dia felizes em 2011!!!

Queridos amigos, quero agradecer de coração suas presenças no Blog durante o ano passado. Foi maravilhoso poder compartilhar a beleza da arte com vocês e o meu maior propósito é continuar nesta caminhada neste novo ano e em outros que virão. Vou continuar minhas pesquisas em artes e poesias podendo assim levar o belo para que nossas vidas fiquem mais suaves e cheias de boas emoções.
Quero agradecer ao ilustre artista Sergio Niculitcheff que autorizou a postagem de sua bela arte neste espaço trazendo luz e encanto para nossos corações. Espero contar sempre com sua presença brilhante e amiga.
A todos os artistas plásticos e poetas postados o meu mais sincero agradecimento e o meu desejo de muito sucesso, sorte e amor a todos vocês em 2011.
Com amor da Fada do Mar Suave.